Postagem em destaque

Receba nossos Vídeos de Meditações Diárias.(Um vídeo por Dia)

Envie uma mensagem para nosso Whatsapp para ser adicionado em uma de nossas listas de transmissão, para receber todos os dias um ví...

Meditação do Pôr do Sol, 22 de novembro 2013


Perseverando na fidelidade
Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito de colocarei; entra no gozo do teu senhor. Mateus 25:21.

   Meu marido me deixou com três filhos para criar. Em 1984, quando conheci a Igreja Adventista do Sétimo Dia, eu morava em Espigão do Oeste, RO. trabalhava como doméstica e estava com dificuldades para conseguir emprego, pois já estava guardando o sábado. Então, fiz um pacto com Deus: se Ele me desse um emprego com o sábado livre, eu seria fiel nos dízimos.

   Minha irmã me motivou a procurar os vereadores da cidade para pedir emprego. Três semanas após o pedido, fui procurar e me fizeram uma proposta de emprego. No mesmo instante, pegaram meus documentos e levaram para Porto Velho, para fazerem a contratação.
   No ano 2000, fui demitida por questões políticas. Durante o período em que fiquei desempregada (três anos e meio), passei por muitas dificuldades. Mas continuei sendo fiel nos dízimos, mesmo com pouco.
   Certa ocasião, aconteceu que recebi o aluguel de uma casinha que eu tinha no fundo de casa. O valor recebido era de 70 reais. Vinte reais eram para pagar uma conta. Eu os deixei em casa. Os 50, levei para trocar: tiraria sete reais para o dízimo, 13 para pagar uma conta e 18 para outra conta. Quando cheguei à loja para pagar uma das contas e entreguei os 50 reais, a lojista me devolveu 50 e disse que eu havia entregue 100 (duas notas de 50). Insisti, mas a lojista confirmou. no momento, achei que o inquilino tivesse dado dinheiro a mais, mas perguntei-lhe e ele disse que não. Então, entendi que havia sido uma bênção divina por minha fidelidade a Deus. Durante esse período, eu trabalhava como doméstica. recebia 100 reais e os 70 do aluguel, mas nunca deixava de devolver o dízimo.
   Depois de algum tempo, com a mudança de governo, os funcionários demitidos foram recontratados. Assim, trabalho até hoje no Departamento de Estradas e Rodagens, e já estou com quase 30 anos de serviço. Comprei uma casa e até a reformei. E continuo sendo fiel a Deus no pouco e no muito.

Cleusa Dias de Almeida
Igreja Jardim das Oliveiras, Pimenta Bueno, RO (Unob)
Fonte:M.M da DSA. Enfim, o Sábado chegou.1ªedisão. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...