Postagem em destaque

Receba nossos Vídeos de Meditações Diárias.(Um vídeo por Dia)

Envie uma mensagem para nosso Whatsapp para ser adicionado em uma de nossas listas de transmissão, para receber todos os dias um ví...

Meditação Matinal Segunda, 13 de maio


Um Novo Cântico


Entoavam novo cântico, dizendo: Digno [...] porque foste morto e com o Teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação; e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a Terra. Apocalipse 5:9, 10

Deus confiou em nós ao nos tornar depositários de recursos e de Sua preciosa graça. Agora, Ele nos indica os pobres, sofredores e oprimidos, aqueles que estão presos em cadeias de superstição e erro; assegura-nos que, se fizermos o bem a eles, Ele aceitará nosso serviço como havendo sido oferecido a Ele próprio. Declara: “Em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes Meus pequeninos irmãos, a Mim o fizestes” (Mt 25:40).

Os pobres não são excluídos do privilégio de doar. Tanto quanto os ricos devem eles também tomar parte nessa obra. A lição deixada por Cristo, com relação às duas moedinhas da viúva, mostra-nos que as menores ofertas dos pobres, se entregues com o coração repleto de amor, são tão aceitáveis quanto as volumosas doações dos ricos. [...]

Todo administrador fiel dos bens que lhe foram confiados entrará no gozo do seu Senhor. Que gozo é esse? “Digo-vos que assim haverá alegria no Céu por um pecador que se arrepende” (Lc 15:7). Haverá um bendito louvor, uma santa bênção aos fiéis ganhadores de pessoas para Jesus. Eles se unirão aos que se regozijam no Céu, que aclamam e festejam a colheita. Quão grande será a alegria quando os remidos do Senhor se encontrarem – reunidos nas mansões preparadas para eles! Oh, que regozijo para todos os que têm sido indiferentes e desinteressados cooperadores de Deus em levar avante Sua obra na Terra! Que satisfação terão todos os ceifeiros quando se ouvir a voz clara e melodiosa de Jesus dizendo: “Vinde, benditos de Meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo” (Mt 25:34). [...]

Com o coração cheio de regozijo, veem os que têm sido colaboradores de Deus o trabalho de sua vida em favor dos pecadores moribundos, a perecer, e estão satisfeitos. [...] A abnegação que praticaram para sustentar a obra não mais é lembrada. Ao contemplarem as pessoas que procuraram ganhar para Jesus, e vendo-as salvas, eternamente salvas – monumentos da misericórdia de Deus e do amor de um Redentor –, ecoam pelos arcos celestiais exclamações de louvor e ação de graça (Review and Herald, 10 de outubro de 1907).


Fonte: CPB 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...