Postagem em destaque

Estudos Bíblicos em vídeo para Whatsapp. Prontos para Baixar!

Estudos Bíblicos em vídeo com tamanho e formato adequados para compartilhamento via Whatsapp. Clique em cada Estudo para ser direciona ...

Meditação Diária para casais, 14 de Agosto de 2013



O AMOR GENUÍNO RESPEITA A INDIVIDUALIDADE
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; 1 Coríntios 13:4-5

O amor genuíno, então afirma a singularidade do individuo, dando aos cônjuges a liberdade de serem eles mesmos. Não procura possuir ou manipular o outro. Significa que preservaremos a liberdade de pensamento de nosso parceiro, a posse de seus próprios sentimentos, e as condições para tomar suas próprias decisões. O amor genuíno concede ao outro a liberdade de ajustar-se da melhor maneira ao seu eu, de acordo com sua própria perspectiva do quadro.
Tal amor deixa margem para que o cônjuge tenha uma variedade de amigos e interesses, além do relacionamento matrimonial, pois todos necessitamos de uma certa quantidade de espaço no qual possamos desenvolver nossa identidade e potencialidade.
Agindo desta maneira, damos-lhes a oportunidade de desfrutar, em toda a sua extensão, das maravilhosas experiências da vida.




Fonte: VAN PELT, Nancy L. Felizes no amor: os segredos da vida a dois. Tradução de Charlote F. Lessa. 6. ed. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2011.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...